P R A G A T E C N O

rede colaborativa em torno da cultura do dj e cibercultura, cultura livre

dj angelis sanctus aka claudio m. (salvador)


Dj Angelis Sanctus aka Cláudio M.

House e vertentes/Nu Jazz – Bahia
O dj Angelis Sanctus (aka Cláudio M.), alagoano de Maceió, mora em Salvador há mais de 14 anos, onde é professor universitário de Cinema e mestre em Cibercultura, em carreira paralela à musica. É fundador e produtor do coletivo Pragatecno (www.pragatecno.com.br), um dos grupos pioneiros de música eletrônica do Brasil, criado em 1998. Sua ligação mais profissional com a música surgiu quando ainda estudava graduação (Jornalismo) e participava da organização de Festivais Universitários de Música, no inícios dos anos 80. Sua formação incluía MPB, mas sua cultura identitária musical se estabeleceu com o rock até seu contato com a música de pista (eletrônica) em meados dos anos 90. Em 1998, ao criar o Coletivo de DJs Pragatecno, começa a atuar como dj de techno e house music. Tocou em eventos nacionais ao lado de tops DJs como Xerxes de Oliveira, Luiz Pareto, Marcos Morcerf, dj Dolores, dj Marky, Mauricio UM, Patife, além de vários djs da cena norte e nordeste.  Além de tocar em vários eventos urbanos e em festivais, como Skol Spirits, foi o único dj do norte e nordeste convocado para o Skol Beats (SP) de 2004, o maior festival de música eletrônica da América Latina, quando abriu o palco principal que incluía nomes como Benzina aka Scandurra, Erick Caramelo, Benni Benassi, Fischerspooner, Basement Jaxx, X-Press 2, Dave Clarke e Richie Hawtin (http://www.clang.com.br/2010/03/dj-alagoano-angelis-sanctus-abre-outdoor-stage-no-skol-beats/) Além da House Music e suas vertentes (com especial paixão pela deep house e jazzy house), toca sets com foco em downtempo e nu jazz, para lounges. Em live, opta por sons mais climáticos e experimentais (da IDM e ambient music), por vezes explorando timbres e freqüências em baixa resolução.

Como produtor cultural, além de organizar inúmeros eventos, produziu a trilha sonora do espetáculo multimídia Yerma Maria da Silva (de Telma César), em Maceió; e, ao lado do cantor e compositor baiano Dão, produziu a trilha sonora do espetáculo de teatro O Dia 14, dirigido por Ângelo Flávio. Tem algumas produções musicais e fez live pas com a cantora de jazz Mariella Santiago, com a qual fundou o grupo QuasiDuo. Tocou, ao lado dj Beto Farias (Maceió), em live pa, no ano de 2000, no projeto Balaio-Brasil (SESC SP), com o grupo folclórico alagoano As Baianas Mensageiras de Santa Luzia, numa experiência inusitada de groove-boxes, samples e cânticos do folclore alagoano. Em Salvador, fez algo parecido, em conjunto com o dj Arlequim (Fortaleza/Brasília), misturando grooves ao som ao vivo do grupo de cultura popular Zambiapunga, de Nilo Peçanha (BA), no Museu de Arte Moderna.

Integrou o coletivo Electroinvasores, de artistas multimídias baianos. O dj foi coordenador e produtor executivo da coletânea cd Sombinário#1, lançado pelo selo carioca Utter Records (primeiro cd duplo de música eletrônica do Brasil) e coordenador da coletâneas Sombinários 2 a 5, editado pela Putz Records. Foi dj-residente de vários projetos, dentre eles Quinta Groove, Kick, Opsom, em Salvador.  Atualmente integra o Coletivo Audiovisual Xaréu. Tem produzido trilhas sonoras para alguns trabalhos audiovisual, além de realizar netvideos.

Agitador cultural e um dos pioneiros da cena de dj do Norte e Nordeste.

Contato: djsanctus@hotmail.com

http://www.pragatecno.com.br

2 comentários em “dj angelis sanctus aka claudio m. (salvador)

  1. Pingback: Vj pixel vs dj Angelis Sanctus (aka Claudio M) « P R A G A T E C N O

  2. Pingback: Vjing e e-music na Bahia | memeLab

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: